Now loading.
Please wait.

(+351) 217 572 361

info@ppllconsult.com

menu

Alexandre Rosa,

Sócio

Alexandre Rosa, sócio da empresa, é sociólogo. Foi Secretário de Estado da Administração Pública e da Modernização Administrativa (1999-2002). Foi Assessor do Secretário -Adjunto para a Educação e Administração Pública do Governo de Macau (1987-1993), e Chefe de Gabinete da Secretária de Estado da Educação e Inovação (1995-1996), do Ministro-adjunto do XIII Governo Constitucional (1997-1998), e do Grupo Parlamentar do Partido Socialista (2002-2005). Vice-Presidente do Conselho Directivo do Instituto do emprego e Formação Profissional (2005 a 2011). Foi o responsável pela Estratégia Nacional de Combate à droga e à toxicodependência (1998-1999). Chefe de Equipa do Projecto de “Modernização do Serviço Público de Emprego da Macedónia” financiado pela União Europeia (desde Janeiro de 2012) Co-autor, recentemente, de Emprego, contratação coletiva de trabalho e proteção da mobilidade profissional, Lisboa, GEP-MTSS, 2011 e de Portugal Invisível, Lisboa, Mundos Sociais, 2010.

António Landeira,

Sócio

António Landeira, sócio-gerente, filólogo. Desenvolveu a sua carreira nos Ministérios do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (1995-2002) e da Educação (1967-1995). Foi Presidente do Instituto de Gestão do Fundo Social Europeu (2000 -2002), Secretário-geral do Ministério do Trabalho e da Solidariedade, Chefe de Gabinete do Ministro da Solidariedade e Segurança Social (1995-1997), exercendo os cargos de Director Geral do Equipamento Escolar (1975-1976) e de Director Geral da Administração Escolar (1974-1975).

Luís Costa,

Sócio

Luís Costa, sócio, sociólogo, com especialização em Gestão Pública. Consultor em políticas públicas e comunitárias e gestor de empresas. Foi Vogal do Conselho Directivo do Instituto de Gestão do Fundo Social Europeu (2001-2007) e Vice-Presidente do Conselho Directivo do Instituto para a Inovação na Formação (2000-2001). Foi Director da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça (1990- 2000) e professor do Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa (1989-2006). Integrou o Gabinete de Estudos da CGTP-IN, de 1985 a 2000. É membro do Steering Comittee do European Forum of Technical and Vocational Education and Training (EFVET), desde 2010 e Focal point de Portugal para o Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização, desde 2007.

Maria Rauch,

Sócio

Maria Rauch, consultora, é engenheira electrotécnica e assessora da ministra do Ministério da Família e Solidariedade Social da República de Malta. É membro da ENGENDER (associação que trabalha nos domínios do Género, membro e formadora na FAM (Frauen Akademie München), membro da Direcção da European local Development Agents Association e membro da Ordem dos Engenheiros de Portugal. É uma perita em ensino vocacional e profissional com larga experiência (1981-2000) como consultora na matéria no Ministério do Trabalho de Portugal e como directora e/ou membro da direcção de centros de ensino vocacional e profissional em Portugal. Foi coordenadora de equipas de avaliação e monitorização de projectos europeus e medidas activas de emprego para o mercado de trabalho, na óptica da Igualdade Oportunidades, Igualdade de Género, grupos desfavorecidos e marginalizados em Portugal e em vários países da Europa (Croácia, Bulgária, Roménia, Espanha, Alemanha, Eslováquia e Malta).

Paulo Pedroso,

Sócio

Paulo Pedroso, sócio da empresa, sociólogo e Professor Auxiliar Convidado do Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

Foi Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social (2001-2002) e Secretário de Estado do Emprego e Formação (1997-2001). Foi o responsável pelo lançamento do Rendimento Mínimo Garantido em Portugal (1995-1997) e pelo Acordo de Concertação Social subscrito por todos os parceiros sociais para a reforma da segurança social portuguesa (2001).

Tem 25 anos de experiência no domínio da política social e de emprego, com particular ênfase em estudos de fundamentação e avaliação de políticas públicas. Chefe das equipas de assistência técnica a Ministérios do Trabalho e Segurança Social no âmbito da gestão de fundos estruturais e de pré-adesão à União Europeia na Turquia, desde 2010, na Roménia (2005 e 2011) e foi perito, no mesmo âmbito, na Bulgária (2008).

Perito da missão do Ministério do Trabalho e Solidariedade Social da República Portuguesa de Assistência técnica à task force criada pelo Governo de Timor-Leste para conceber o novo sistema de segurança social (2010). Integra a equipa coordenadora do mestrado de Serviço Social em cooperação entre o ISCTE-IUL e a Universidade Nacional de Timor Lorosa’E. Integra a Comissão Científica do estudo para a criação de uma rede de centros de excelência para a integração profissional de pessoas com deficiência na Roménia. Formador e co-autor do relatório técnico “Protecção social para o século XXI: uma análise comparada dos problemas e desafios a pensar nos caminhos para a segurança social em África” (PPLL Consult/Angola Prev, 2010).

Coordenou recentemente os estudos “Cenários proactivos de resposta a situações de desemprego” (PPLL Consult/Gabinete de Estratégia e Planeamento do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal, 2011) e “avaliação da adequação e eficácia do quadro regulamentar aos projectos apoiados pelo Fundo Social Europeu” (IESE/Instituto de Gestão do Fundo Social Europeu de Portugal, 2011). Foi também coordenador das missões de equipas de peritos em capacitação organizacional e consultoria para a gestão estratégica com ONGs dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPs), em Cabo Verde (ADEVIC) e Guiné-Bissau (AGRICE), nos projectos “Melhores serviços, mais direitos” e “Cabo Verde vai ver melhor os cegos”, respectivamente (2012-2014).

Autor de “Modelos de Activação dos Desempregados: Os Desafios Estruturais e as Condicionantes Conjunturais”, Lisboa, Lisboa, Gabinete de Estratégia e Planeamento. Centro de Informação e Documentação, 2010. Co-autor de “Caminhos para a Segurança Social em Angola”, Luanda, Angolaprev, 2012.

João Pedroso,

Consultor Sénior

João Pedroso, consultor, jurista. Docente da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Sócio da João Pedroso e Associados, Sociedade de Advogados. t Prémio Gulbenkian de Ciências Sociais, em conjunto com co-membros da equipa no CES da Universidade de Coimbra (1996).

Foi juiz de direito (1984-1990). Foi chefe de Gabinete do Primeiro-Ministro (2001-2002) e do Ministro do Trabalho e Solidariedade (1996-2000). Presidiu à Comissão Nacional de Protecção de Crianças em Risco (1998-2001). Integrou, em 2001, a missão para a Organização Territorial do Estado e o grupo de trabalho para a reforma da legislação dos Institutos Públicos.

Tem mais de 28 anos de experiência como jurista, com particular ênfase em estudos de reforma de legislação no âmbito das políticas públicas de justiça e de protecção social. Realizou projectos de investigação em Portugal, Brasil (Universidade de S. Paulo) e Moçambique (Centro de Estudos Africanos da Universidade E. Mondlane e Centro de Formação jurídica e Judiciária).

Foi responsável pela reforma da legislação da protecção social e coordenação da elaboração do projecto de Lei de Bases da Solidariedade e Segurança Social, Presidente da Comissão da Reforma Institucional da Segurança Social e primeiro Presidente do agora denominado Instituo da Segurança Social, em Portugal (1999-2001). Foi consultor do PNUD para a reforma da legislação laboral em Moçambique (2005).

Trainer and co-author of the technical report "Social Protection for the twenty-first century: a comparative analysis of the problems and challenges to think of ways to Social Security in Africa" (PPLL Consult 2010/Angola Prev) Formador e coautor do relatório técnico “Protecção social para o Séc. XXI: uma análise comparada dos problemas e desafios a pensar nos caminhos para a Segurança Social em África” (PPLL Consult, 2010/Angola Prev) e Co-autor, recentemente, de Caminhos para a Segurança Social em Angola, Luanda, Angolaprev, 2012, "Entre a forma e a função: arquitectura judiciária e acesso ao direito e à justiça nos tribunais com competência em família e menores", Lex Familiae (2011) e "A odisseia da transformação do Direito da Família (1974-2010): um contributo da sociologia política do direito", Revista Sociologia - FLUP (2011).

Nelson Matias,

Consultor Sénior

Nelson Matias, consultor, sociólogo e Professor Adjunto de Sociologia da Educação e das Organizações Educativas na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal. Desde 1986 trabalha como professor e formador na formação inicial e contínua de professores na ESE - Setúbal. Foi Assessor do Gabinete do Secretário de Estado do Trabalho e Formação Profissional, na área da Formação Profissional (2000-2001), Assessor do Gabinete do Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, nas áreas da Formação Profissional e da Cooperação para o Desenvolvimento (2001-2002) e Membro do Conselho Consultivo da ANEFA, Agência de Nacional de Educação e Formação de Adultos (2002-2003). Foi presidente da Comissão Permanente de Coordenação do Programa TEIP no Ministério da Educação (2008-2010) e, trabalhando no Ministério da Educação, foi coordenador da equipa técnica da DGIDC (Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular) no apoio ao Programa TEIP e os projectos das escolas. Integrou a coordenação de várias equipas de avaliação de programa de formação e ensino (Sistema de Aprendizagem, Ensino Secundário, Escolas Profissionais), e de produção de materiais (Sistema de Aprendizagem, Formação de Formadores do IEFP). Trabalhou como docente, formador e consultor em diversos projectos, nomeadamente: (i) Em Cabo Verde, no Projecto PROMEF, apoiado pelo Banco Mundial e pela Fundação Calouste Gulbenkian; como formador e consultor do Instituto Pedagógico de Cabo Verde sobre o ensino de Sociologia e Organização Escolar para apoiar o processo de reforma da instituição; e em 2002-03 coordenou a equipa de avaliação da cooperação Portugal - Cabo Verde no domínio do ensino superior (IPC/APAD). (ii) Em Angola, integrou a equipa de coordenação do projecto PREPA, promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian e o Ministério da Educação de Angola, de produção de materiais pedagógicos para a formação de professores do ensino primário, no Magistério De Benguela. (iii) Em Moçambique, coordenou a equipa de professores da ESE em dois cursos de Bacharelado em Educação (1994/1998), e apoiou e orientou vários trabalhos académicos sobre o campo educacional moçambicano, as organizações escolares e as práticas educativas; coordenou a equipa de peritos internacionais (Maio 2005) que realizou, para a cooperação do Reino dos Países Baixos, a avaliação externa da UDEBA de Gaza e do seu programa de educação, proteção social e desenvolvimento comunitário; coordenou em 2008 a equipa de professores da ESE de Setúbal para a capacitação de formadores dos IMAP/ IFP de Pemba e Vilanculos e a Formação de Gestores da Educação, programas financiados apoiada pelo BAD / FAD. (iv) Na Guiné-Bissau trabalhou como formador de professores, no quadro do projecto de reorganização da formação de professores (1995), projecto apoiado pela FCG.

Luís Martins,

Consultor Sénior

Luís Martins, consultor, é Doutor em Gestão (ISCTE-IUL), Mestre em Engenharia pela Escola de Engenharia da Universidade do Minho, licenciado Engenharia Eletrotécnica pelo Instituto Superior Técnico e licenciado em Sociologia pelo ISCTE-IUL. Desde 1999 é também Professor no ISCTE-IUL, tendo lecionado e dirigido vários Mestrados e cursos de pós-graduação em Portugal e nos países de expressão portuguesa.
Tem mais de 20 anos de experiência como consultor e formador, em grandes empresas privadas e organismos públicos. Tem como áreas de investigação privilegiadas a gestão pública (Public Governance) e a Gestão Internacional (CrossCultural Management).

Michel Binet,

Consultor Sénior

Michel Binet, consultor, é licenciado em Sociologia e Mestre em Ciências Sociais pela Universidade da Sorbonne (Paris V), Michel G. J. Binet doutorou-se em Antropologia (Especialidade Produção, Trabalho e Consumo), na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com uma Tese doutoral intitulada Micro-análise etnográfica de interações conversacionais: Atendimentos em serviços de ação social, defendida perante um júri internacional e interdisciplinar (Antropologia - Linguística - Sociologia). Professor Auxiliar na Universidade Lusíada de Lisboa, Michel Binet desempenha funções docente e investigativa na área do Serviço Social. Membro da Associação Portuguesa de Antropologia (APA) e da Associação Portuguesa de Linguística (APL), Michel Binet promove a introdução da Análise Conversacional na investigação em Ciências Sociais e na consultoria em Gestão do Trabalho e das Organizações.

João Elyseu,

Consultor

João Elyseu, quadro da empresa, sociólogo. Tem cerca de 5 anos de experiência no domínio da política social, com particular ênfase na investigação e avaliação de políticas sociais nas áreas da igualdade de género, educação e emprego. Membro da equipa de peritos em missões de capacitação organizacional e consultoria para a gestão estratégica com ONGs dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPs), nomeadamente, em Cabo Verde (ADEVIC) e Guiné-Bissau (AGRICE), nos projectos “Melhores serviços, mais direitos” e “Cabo Verde vai ver melhor os cegos”, respectivamente (2012-2014). Membro da equipa de investigação em estudos no domínio da política social: “A prestação de serviços e a promoção da vida independente” (PPLL Consult, 2011-2012), “Cenários proactivos de resposta a situações de desemprego” (PPLL Consult, 2010-2011), Estudo da avaliação da adequação e eficácia do quadro regulamentar aos projectos apoiados pelo Fundo Social Europeu (IESE, 2010-2011), ”Novas qualificações para a reconversão: défices e estrangulamentos na oferta de qualificações para a economia do futuro”, (ANESPO/ANQ, 2010-2011). Supervisor de equipa de pesquisa de terreno para a fase de Field Test em Portugal do estudo “PIAAC - Programme for the International Assessment of Adult Competencies”, lançado em 2007 pela OCDE – Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico, (CIES-ISCTE, 2010). Avaliador em programas governamentais de política social no âmbito da Igualdade de Género, promovidos pela Secretaria de Estado para a Igualdade, pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (2009-2010). Colaborador na equipa de investigação do estudo Diagnóstico Local para a Igualdade de Género da Câmara Municipal de Cascais (2008-2009).

Tatiana Alves,

Consultora

Tatiana Alves, quadro da empresa, socióloga. Tem em cerca de 8 anos de experiência no domínio da política social, com particular ênfase na investigação e avaliação de políticas públicas e políticas sociais nas áreas da imigração e da deficiência. Membro da equipa de peritos em missões de capacitação organizacional e consultoria para a gestão estratégica com ONGs dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPs), nomeadamente, em Cabo Verde (ADEVIC) e Guiné-Bissau (AGRICE), nos projectos “Melhores serviços, mais direitos” e “Cabo Verde vai ver melhor os cegos”, respectivamente (2012-2014). Membro da equipa de investigação em estudos no domínio da política social: “A prestação de serviços e a promoção da vida independente” (PPLL Consult, 2011-2012), “Cenários proactivos de resposta a situações de desemprego” (PPLL Consult, 2010-2011), Estudo da avaliação da adequação e eficácia do quadro regulamentar aos projectos apoiados pelo Fundo Social Europeu (IESE, 2010-2011), “Modelização das políticas e das práticas de inclusão social das pessoas com deficiências em Portugal” (PPLL Consult, 2007); “Modelos de protecção social na incapacidade – Um desafio estrutural na integração das pessoas com deficiência e incapacidade” (ISCTE, 2008-2009); “Immigrants and Ethnic Minorities in European Cities: Life courses and quality of life in a world of limitations” (CIES, 2004). Coordenadora de equipa de pesquisa de terreno e Investigadora no estudo “Avaliação de acompanhamento dos Serviços de Apoio ao Imigrante”, da Organização Internacional para as Migrações (2009-2010).

Filipa Seiceira,

Consultora

Filipa Seiceira, quadro da empresa, socióloga. Tem cerca de 10 anos de experiência no domínio da sociologia política, educação, deficiência e comunicação, informação e tecnologia. Membro das equipas de investigação nos projectos de investigação “Promessas Partidárias e Responsabilidade Democrática: O Caso Português numa Perspectiva Comparativa” e “Os Deputados Portugueses em Perspectiva Comparada: Eleições, Liderança e Representação Política”(CIES-ISCTE, 2008-2014). Investigadora na equipa técnica de tratamento estatístico dos dados de caracterização do perfil sócio-cultural e escolar dos alunos do projecto Investigação e Ensino da Língua Portuguesa – IELP (DGDCI, 2008-2009). Membro da equipa de investigação no projecto “Modelização das Políticas e das Práticas de Inclusão das Pessoas com Deficiência em Portugal” (ISCTE, 2005-2007). Investigadora nos projectos “Recolha de Informação de Apoio ao Processo de Acreditação de Cursos de Engenharia pela A.N.E.T.” (IED, 2006) e “ELISS II” – projecto europeu que visava cartografar a indústria de software em diversos países europeus e as atitudes perante o software livre (CIES-ISCTE, 2004-2005).